Está acontecendo novamente!- Transtorno do Estresse Pós-Traumático

TEPT

Atualmente os transtornos ansiosos vem ganhando espaço e atenção nos consultórios psiquiátricos e psicológicos, especialmente o Transtorno de Estresse Pós-Traumático (TEPT), um transtorno que envolve um conjunto de sintomas físicos, psíquicos e emocionais.

A pessoa com TEPT geralmente relata viver sob a impressão de um sombra ou possuir uma falha na “digestão” psicológica, pois sua vida é drasticamente afetada com este transtorno. Ele é provocado por uma exposição de vivências ameaçadoras a vida do indivíduo acometido – ou a vida de terceiros afetivamente ligados a do indivíduo. Também é levado em consideração a exposição constante de experiências traumáticas, por exemplo, o trabalho de policiais ou bombeiros.

Os sintomas deste grave transtorno consistem, principalmente, da pessoa sentir medo intenso, desamparo e até repugnância com si mesmo ou outros, além de distúrbios de sono, sensação de que está acontecendo tudo novamente, distanciamento emocional, evitar circunstancias similares, mudanças significativas no humor e na vida da pessoa acometida por um longo período de tempo. O TEPT é acompanhado de outros transtornos mentais tais como depressão, suicídio, uso de álcool e outras substâncias e transtornos psicossomáticos.

As causas para ocorrer o TEPT são muitas, vulnerabilidade genética é a principal delas juntamente com histórico de traumas anteriores e situações ameaçadoras repetidas. Seu prognóstico na ausência de tratamento é piorar progressivamente, porém com o tratamento adequado depois de algum tempo a pessoa vai retomando a normalidade e qualidade de vida.

O tratamento são ações que podem ser realizadas para evitar o agravamento do transtorno que, basicamente, resumem em buscar qualidade de vida com o objetivo em diminuir o impacto que o trauma teve sobre a vida da pessoa.